Por Mônica Gominho

 

Saudades do meu cantinho. Hoje faz mais de uma semana que as palavras e os compartilhamentos não surgem por aqui. Peço desculpas a todos, mas é que com a viagem ao Rio de Janeiro, a vida recifense trouxe uma série de ajustes no dia a dia e o cumprimento de algumas pendências que impossibilitaram o meu aparecimento, vamos dizer assim!

Pois, então, antes de tudo, quero dividir com vocês a vitória de APROVEITAR mais uma viagem, mantendo com sucesso o controle na alimentação. O Rio de Janeiro é uma graça de lugar, adepto aos hábitos saudáveis, amante da boa forma, perfeito em oferecer locais e opções de refeições e lanches leves. E claro, a inspiração de ver tanta gente que transparece energia positiva, amor ao bem-estar físico e emocional, é algo que com certeza impulsiona qualquer pessoa que adora ou simplesmente que um empurrãozinho de incentivo.

 

Desfilando em Copacabana

Tudo isso e mais um pouco faz de lá um ambiente amigo quando o seu objetivo é passear, aproveitar, relaxar, mas sem deixar de lado o foco e a manutenção do seu peso, afinal, a realidade já já bate em nossa porta com o regresso.

Então, gente saudável, não há mistério pelo menos se vocês quiserem ir ao cenário carioca. No Rio sem dúvida você vai encontrar um ponto saudável para deliciar-se. Alguns bairros que visitei, como Copacabana, Ipanema, Santa Tereza, Tijuca, Barra, Recreio, Laranjeiras, Flamengo, dentre outros, sempre têm em seu curso uma casa de suco ou um restaurante legal com pratos mais saudáveis e até light.

YOGO

YOGO-PAIXÃO + LANCHE SAUDÁVEL

Da primeira vez que fui, há dois anos, a febre do yogo ainda não tinha esquentado por aqui, quando lá isso já era super natural. Então, agora, com muito… muito… muito… mais franquias, posso afirmar que a cada esquina um sabor diferente é possível de escolher e assim você não dá brecha aos pasteis, coxinhas, frituras …resumindo, toda aquela visão da batalha cósmica =)

Sim, esqueça o termo chutar o balde e nem o pau da barraca, nem todos os dias e muito menos, todos os horários. Lembre-se de que viajar não é sinônimo de calorias e de achar que você está fora da SUA realidade.

O que eu fiz foi : quinta, sexta e sábado focar em pelo menos tentar comer de forma semelhante a minha realidade recifense. O que ajudou muito também foi que minha tia Alda- super natural e uma senhora que se cuida à beça- tinha em sua cozinha opções bem saudáveis como frutas, pães integrais e light, iogurte e sucos mais leves, peito de peru, tudo que uma pessoa gostaria de ter como incentivo =)…

Na minha rotina viajante inclui ainda fazer todas as refeições, sem ficar pulando ou comendo besteira. Já no domingo e na segunda abrir alas para algumas guloseimas. Que ninguém é de ferro!!!!

 

Momento gordice equilibrada

Posso dizer que o que ajudou bastante foi a nossa energia de não pararmos quietas- a pessoa do indicativo Nossa , refere-se a uma grande amiga- que por sinal, já está deixando de ter tantos pensamentos gordinhos, o que ajudou muito nesses cinco dias. Então, o lema é se é dia, vamos andar pra valer, e se é noite, vamos dançar mais pra valer ainda. Caso decida tomar uns drinques não se esqueça do fundamental adoçante e de que você não precisa petiscar a todo o momento.

Momento Top e saudável

Olha a coca zero fazendo parte da mesa!!!!!

 

Drinques de frutas!!!

 

 

Momento laid! E se vai a um barzinho, no estresse também. Leia o cardápio mil vezes, garanto que você vai encontrar com certeza uma opção mais levinha. Não tenha vergonha de ler e reler o cardápio. Cruze as pernas, e mantenha o foco no corpicho…. No bar Devasse, em Ipanema, comemos uma entradinha bem interessante: uma espécie de pizza com massa de tapioca com queijo, tomate, orégano e molhos de ervas. Uma deli!!

 

petisco levinho

 

Quando viajamos, muitas vezes, nos esquecemos de beber água, o que gera mais fome, portanto beba muito mais água que o habitual. Eu e Monyke já saíamos com uma garrafinha e não é para economizar não tá gente, é para nos lembrarmos de comprar mais água e beber muito mais.

Outo ponto é o famoso passatempo da viagem. Há momentos que queremos algo para passar o tempo.  Então, três boas opções são: fale muitoooo, tire bem muita foto e chupe picolé de fruta da Kibon (momento propaganda). Garanto que assim, você manterá sempre seu lado TOP!!!

 

 

Bjos no coração de todos!! E até já!

Anúncios

Sobre Mônica Gominho

Sou Mônica Gominho, muito prazer! Jornalista graduada, apaixonada por saúde e tudo que ofereça bem- estar ao corpo e a mente. Hoje, cultivo novos hábitos sem paranóias e sem fugir da comida e das críticas da família e de amigos. Com boas escolhas alimentares, leitura e a prática de exercícios físicos, a amizade com a balança não é mais uma guerra, é apenas consequência das minhas novas escolhas por uma qualidade de vida presente e futura. Alimento o pensamento de que a colheita de amanhã é um reflexo do que somos e escolhemos hoje. Ter saúde, em algumas situações, também pode ser opcional, basta que você cuide de você mesmo!

Uma resposta »

  1. Dany Mira disse:

    No trecho: “Sim, esqueça o termo chutar o balde e nem o pau da barraca…”
    Acho que foi pra mim, hauhauhauhauhau

    Foi excelente esse post Monicat Sam!!!!
    Bjs e até mais tarde para a prova de fogo!!!!

Muito bom contar com a sua interação saudável ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s