algumas integrantes do grupo de futevôlei

 

Por Mônica Gominho

Que o exercício físico deve fazer parte da nossa vida, isso todas as pessoas já sabem, já é mandamento mundial. Mas fazer disso algo empolgante e não rotineiro é de fato e de direito, uma missão bem pessoal. Quando se quer estar em forma e manter a saúde, muitas vezes, a gente acaba se acomodando no que já está acostumado. (NO MEU CASO, COM A AMIGA DA VEZ ACADEMIA).

Solução óbvia é ir em busca de novos cenários, novas formas de fazer desse momento, tão importante para o corpo e a mente, um compromisso inadiável na sua agenda, mas também esperado por você o dia ou a semana toda. E foi assim, comigo. Após várias tentativas, (ser corredora na Avenida Boa Viagem; de me jogar em todo tipo de aula na academia; e a experiência mais “emocionante”, quando lutei muai thay durante quase dois meses), decidir praticar o futevôlei.

Ontem foi minha segunda aulinha e não vejo a hora da próxima chegar. É simplesmente MARAVILHOSO! É divertido, em virtude da variedade dos exercícios no treino; cansa muito- tópico importante para a queima de calorias-, e o mais legal é que você não precisa ficar contando no relógio a hora que vai acabar; o contato com a natureza areja a cabeça; é mais um momento de fazer e conhecer novas amizade de forma espontânea; não precisa ficar com vergonha (tópico especial para as mulheres, pois 85% do público é composto por mulheres); não precisa usar tênis;  exercita todos os grupos musculares com praticamente nenhum impacto por conta da areia.

Dentre tudo que foi citado, como qualquer outro esporte, a prática também trabalha a concentração no momento do jogo e raciocínio em calcular o tempo da bola, da jogada do parceiro e das jogadas a serem articuladas. Além, da prática no quesito parceria e respeito com o grupo e o adversário da vez nos instantes de jogos.

Por curiosidade, não custa nada conhecer, nem que seja fazendo cara de paisagem no calçadão vendo o treino. Eu participo do grupo que treina na avenida Boa Viagem, quase em frente ao antigo Recife Palace – que hoje se chama Gold Tulip, bem parece-. Os treinos acontecem as segundas e quartas-feiras, das 20h às 21h30, que com a empolgação do grupo, sempre passa uns 10 minutinhos (= . o que é muito legal, pois você nem quer que acabe.

 

LEMBRETE: Para praticar futevôlei, não precisa ser dotado de um índice de habilidade. Os passes são do futebol, mas devem ser usados de outra forma. Garanto! A pessoa que fala é a prova disso- habilidade zero quando assunto é futebol –futsal. Esse aviso é justamente porque eu passei um mês protelando conhecer o esporte, jurando que teria que ser romaria por alguns instantes.

Logo mais, outras novidades!!!!

Anúncios

Sobre Mônica Gominho

Sou Mônica Gominho, muito prazer! Jornalista graduada, apaixonada por saúde e tudo que ofereça bem- estar ao corpo e a mente. Hoje, cultivo novos hábitos sem paranóias e sem fugir da comida e das críticas da família e de amigos. Com boas escolhas alimentares, leitura e a prática de exercícios físicos, a amizade com a balança não é mais uma guerra, é apenas consequência das minhas novas escolhas por uma qualidade de vida presente e futura. Alimento o pensamento de que a colheita de amanhã é um reflexo do que somos e escolhemos hoje. Ter saúde, em algumas situações, também pode ser opcional, basta que você cuide de você mesmo!

Uma resposta »

  1. Monyke de Paula disse:

    Muito Top a matéria Fea!!!
    Indico demais o esporte, estava lá ontem também e adorei o esporte…
    bjoss

Muito bom contar com a sua interação saudável ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s